31 December 2013

Os melhores de 2013!

      Olá pessoal, sendo o último dia desse ano de 2013, hoje vou mostrar para vocês as minhas melhores leituras ao longo desse ano tão bom, que eu considero o melhor em questão de livros. Conheci tantos autores bons e li tantas obras maravilhosas que sinto que o ano valeu muito a pena.
       Bom, se pudesse colocaria todos os livros que li durante o ano, porém só vou falar aqui os que mais gostei. E vale lembrar que alguns dos livros abaixo faz parte de uma série, portanto seu primeiro livro representa a série inteira. Ah, e também vou indo por ordem de tempo. Chega de conversa, vamos lá?

Cidade dos Ossos (Os Instrumentos Mortais)
Um mundo oculto está prestes a ser revelado... Quando Clary decide ir a Nova York se divertir numa discoteca, nunca poderia imaginar que testemunharia um assassinato - muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras. Clary sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer... Uma tribo de guerreiros secreta dedicada a libertar a terra de demônios, os Caçadores das Sombras têm uma missão em nosso mundo, e Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria.


The Walking Dead - A Ascensão do Governador
No universo de The Walking Dead não existe vilão maior do que o Governador, o déspota que comanda a cidade de Woodbury. Ele é o personagem mais controvertido em um mundo dominado por mortos-vivos. Neste romance os fãs descobrirão como ele se tornou esse homem e qual a origem de suas atitudes extremas. Para isso, é preciso conhecer a história de Phillip Blake, sua filha Penny e seu irmão Brian que, com outros dois amigos, irão cruzar cidades desoladas pelo apocalipse zumbi em busca da salvação.



Sereia 

Vanessa Sands, de 17 anos, tem medo de tudo, mas sua destemida irmã mais velha, Justine, está sempre por perto para guiá-la a cada desafio. Até que Justine vai mergulhar num precipício uma noite, perto da casa de veraneio da família em Winter Harbor, e seu corpo sem vida aparece na praia no dia seguinte. Os pais de Vanessa tentam superar a tragédia retornando à vida cotidiana em Boston, mas ela sente que a morte da irmã não foi acidental. Depois de descobrir que Justine estava escondendo diversos segredos, Vanessa volta para Winter Harbor, esperando que Caleb, o namorado de sua irmã, possa esclarecer algumas coisas, mas o garoto está desaparecido.Logo, não é apenas Vanessa que está com medo. Winter Harbor inteira fica em alvoroço quando outro corpo aparece na praia, e o pânico se instala à medida que a pequena cidade se torna palco de uma série de acidentes fatais relacionados com a água, em que as vítimas são encontradas sorrindo horrivelmente de orelha a orelha. Vanessa e Simon, irmão mais velho de Caleb, unem forças para investigar os estranhos acontecimentos e no caminho, a amizade de infância se transforma em algo mais. Conforme eles vão encontrando ligações entre a morte de Justine e a súbita erupção de afogamentos assustadores na cidade, Vanessa descobre um segredo que ameaça seu romance com Simon e que vai mudar sua vida para sempre.


A Hospedeira 
Melanie Stryder se recusa a desaparecer. Nosso planeta foi dominado por um inimigo que não pode ser detectado. Os humanos se tornaram hospedeiros dos invasores. Suas mentes são extraídas enquanto seus corpos permanecem intactos e prosseguem suas vidas aparentemente sem alteração. A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo.Quando Melanie - uma dentre os humanos que ainda restam - é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a alma invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade pela qual Peregrina não esperava: a antiga ocupante de seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente.
Peregrina investiga os pensamentos de Melanie com o objetivo de descobrir o paradeiro dos remanescentes da resistência humana. Entretanto, Melanie ocupa a mente de sua invasora com visões do homem que ama: Jared, que continua incapaz de se separar dos desejos de seu corpo. Peregrina começa a se sentir intensamente atraída por alguém a quem foi submetida em uma espécie de exposição forçada.
Quando os acontecimentos fazem de Melanie e Peregrina improváveis aliadas, elas partem em uma busca incerta e perigosa pelo homem que ambas amam.


O Lado Bom da Vida

Pat Peoples, um ex-professor na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele "lugar ruim", Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um "tempo separados". Tentando recompor o quebra-cabeça de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com o pai se recusando a falar com ele, a esposa negando-se a aceitar revê-lo e os amigos evitando comentar o que aconteceu antes de sua internação, Pat, agora viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida.


A Culpa é das Estrelas 

A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.


A Trilogia Jogos Vorazes

Após o fim da América do Norte, uma nova nação chamada Panem surge. Formada por doze distritos, é comandada com mão de ferro pela Capital. Uma das formas com que demonstram seu poder sobre o resto do carente país é com Jogos Vorazes, uma competição anual transmitida ao vivo pela televisão, em que um garoto e uma garota de doze a dezoito anos de cada distrito são selecionados e obrigados a lutar até a morte! Para evitar que sua irmã seja a mais nova vítima do programa, Katniss se oferece para participar em seu lugar. Vinda do empobrecido distrito 12, ela sabe como sobreviver em um ambiente hostil. Peeta, um garoto que ajudou sua família no passado, também foi selecionado. Caso vença, terá fama e fortuna. Se perder, morre. Mas para ganhar a competição, será preciso muito mais do que habilidade. Até onde Katniss estará disposta a ir para ser vitoriosa nos Jogos Vorazes?



Marina

Barcelona é a cidade-personagem, por onde o estudante de internato Óscar Drai, de 15 anos, passa todo o seu tempo livre, andando pelas ruas e se encantando com a arquitetura de seus casarões. É um desses antigos casarões aparentemente abandonados que chama a atenção de Oscar, que logo se aventura a entrar na casa. Lá dentro, o jovem se encanta com o som de uma belíssima voz e por um relógio de bolso quebrado e muito antigo.Mas ele se assusta com uma inesperada presença na sala de estar e foge, assustado, levando o relógio. Dias depois, ao retornar à casa para devolver o objeto roubado, conhece Marina, a jovem de olhos cinzentos que o leva a um cemitério, onde uma mulher coberta por um manto negro visita uma sepultura sem nome, sempre à mesma data, à mesma hora.
Os dois passam então a tentar desvendar o mistério que ronda a mulher do cemitério, passando por palacetes e estufas abandonadas, lutando contra manequins vivos e se defrontando com o mesmo símbolo - uma mariposa negra - diversas vezes, nas mais aventurosas situações por entre os cantos remotos de Barcelona. Tudo isso pelos olhos de Oscar, o menino solitário que se apaixona por Marina e tudo o que a envolve, passando a conviver dia e noite com a falta de eletricidade do casarão, o amigável e doente pai da garota, Germán, o gato Kafka, e a coleção de pinturas espectrais da sala de retratos.


Visão do Além

Harper Conelly era uma garota comum até ser atingida por um raio e desenvolver um estranho dom... ela pode sentir os mortos. Harper se torna especialista em encontrar cadáveres e, desde que aprendeu a controlar seus novos instintos, ela e seu meio irmão, Tolliver, partem em busca de trabalhos para solucionar casos macabros em diversas cidades nos EUA. Realizam seu trabalho, recebem o pagamento e partem rapidamente, pois as pessoas que os contratam têm o estranho hábito de não querer ouvir o que eles têm a dizer. E, à primeira vista, a experiência com os moradores da pequena cidade de Sarne, nas Montanhas Ozarks, parece não ser diferente. Em Visão do Além, primeiro volume da saga Mistérios de Harper Connelly, uma adolescente está desaparecida, e Harper sente imediatamente que ela está morta. Mas os segredos que envolvem este assassinato e a própria cidade são profundos demais até mesmo para que a habilidade especial de Harper consiga desenterrá-los. Ao perceber a hostilidade crescer ao redor deles, ela e Tolliver querem apenas resolver o assunto e ir embora, mas então outra mulher é assassinada. E o criminoso ainda não terminou seu trabalho...



A Breve Segunda Vida de Bree Tanner 

Combinando romance, horror, ação e mistério, a trama de Stephenie Meyer mergulha na trajetória de devastação do bando de recém-criados enquanto eles se preparam para o confronto definitivo. Bree Tanner mal se recorda da vida que tinha antes de descobrir seus sentidos extremamente aguçados, os reflexos sobre-humanos e a força física sem precedentes. A vida antes da insaciável sede de sangue... Antes de ser uma vampira. O que ela sabe é que a rotina em um bando de recém-criados é de poucas certezas, e de ainda menos regras: fique alerta, não chame atenção para si mesmo e, acima de tudo, volte para casa antes do nascer do sol, ou será destruído. O que ela não sabe: seu tempo como imortal está se esgotando. Depressa!

Fetiche

Quando jovens aspirantes a modelo começam a aparecer mortas e seus pés - arrancados dos corpos - desaparecem, não resta mais dúvida de que não se trata de um assassino comum. Não faltam suspeitos. Ao menos três pessoas parecem ter o perfil e os meios. E a responsabilidade por encontrar o culpado recai sobre o delegado Weber e o jovem comissário Nestor.


Jane Austen: A Vampira

Jane Austen não morreu! Segundo este livro, a autora de "Orgulho e Preconceito" e outros clássicos do século XVIII não morreu, mas vive hoje numa cidadezinha no interior do estado de Nova York. Dona de uma livraria, vive frustrada por não receber os direitos autorais e ter o reconhecimento de suas obras de sucesso. Em Jane Austen: A Vampira, ela mudou o nome para Fairfax e sobrevive há 233 anos, porque foi mordida por um vampiro, quando se tornou imortal. Entre romances com o Lord Byron, que também é um vampiro, e tentativas frustradas de publicar um novo livro, Jane Austen, ou melhor, dizendo, Jane Fairfax, envolve o leitor em uma divertida viagem ao universo literário, com personagens de outras histórias, de maneira inteligente e divertida!


O Código da Vinci

Um assassinato dentro do Museu do Louvre, em Paris, traz à tona uma sinistra conspiração para revelar um segredo que foi protegido por uma sociedade secreta desde os tempos de Jesus Cristo. A vítima é o respeitado curador do museu, Jacques Saunière, um dos líderes dessa antiga fraternidade, o Priorado de Sião, que já teve como membros Leonardo da Vinci, Victor Hugo e Isaac Newton. Momentos antes de morrer, Saunière deixa uma mensagem cifrada que apenas a criptógrafa Sophie Neveu e Robert Langdon, um simbologista, podem desvendar. Eles viram suspeitos e em detetives enquanto tentam decifrar um intricado quebra-cabeças que pode lhes revelar um segredo milenar que envolve a Igreja Católica.
Apenas alguns passos à frente das autoridades e do perigoso assassino, Sophie e Robert vão à procura de pistas ocultas nas obras de Da Vinci e se debruçam sobre alguns dos maiores mistérios da cultura ocidental - da natureza do sorriso da Mona Lisa ao significado do Santo Graal. Mesclando os ingredientes de um envolvente suspense com informações sobre obras de arte, documentos e rituais secretos, Dan Brown consagrou-se como um dos autores mais brilhantes da atualidade.


O Teorema Katherine

Após seu mais recente e traumático pé na bunda - o décimo nono de sua ainda jovem vida, todos perpetrados por namoradas de nome Katherine - Colin Singleton resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e o melhor amigo no carona, o ex-criança prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar o fora, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que tornará possível antever, através da linguagem universal da matemática, o desfecho de qualquer relacionamento antes mesmo que as duas pessoas se conheçam. Uma descoberta que vai entrar para a história, vai vingar séculos de injusta vantagem entre Terminantes e Terminados e, enfim, elevará Colin Singleton diretamente ao distinto posto de gênio da humanidade. Também, é claro, vai ajudá-lo a reconquistar sua garota. Ou, pelo menos, é isso o que ele espera.


Os Colegas de Anne Frank

Todos os anos, no dia da lembrança das vítimas do Holocausto, Theo Coster era convidado à escola dos netos para contar como sobreviveu à Segunda Guerra Mundial. Ex-aluno do Liceu Judaico de Amsterdã e colega de classe de Anne Frank, Theo decidiu fazer um documentário contando sua história e a dos alunos que também sobreviveram. Ele conseguiu encontrar cinco colegas, que, depois de mais sessenta anos, vivem em diferentes partes do mundo e têm como elo o passado no Liceu Judaico e a colega Anne Frank - cujo diário se tornou uma das maiores referências sobre as mazelas da população judaica europeia no Holocausto. Os colegas do Liceu rememoram mais de 60 anos de história. Nessa conversa, estão as memórias do passado de guerra, as dificuldades que enfrentaram e a relação que tinham com Anne Frank. Inteligente, rebelde e precoce, Anne foi apenas uma das alunas que começou a desaparecer da sala de aula do Liceu, em 1941. O destino de Anne é conhecido, mas e o dos outros estudantes que, a cada semana, deixavam a sala de aula mais vazia? Suas histórias de sobrevivência mostram o quão diversos foram os destinos dos judeus perseguidos, como a sorte era um fator vital e como o fim da guerra não significou o fim do sofrimento.


O Anexo

Das oito pessoas que viveram escondidas com Anne Frank no anexo de um armazém em Amsterdam, durante dois anos da Segunda Guerra, apenas uma resistiu à barbárie dos campos de extermínio: o pai de Anne Frank, que se encarregou de publicar os diários da filha sobre o período em que viveram reclusos. Em O anexo, a escritora inglesa Sharon Dogar faz com o personagem Peter van Pels, de quinze anos, o que Otto fez com Anne: dar a oportunidade para que “fale” sobre a vida naquele ambiente claustrofóbico. Dogar inverte a perspectiva do diário da menina judia, fornecendo uma nova visão sobre os dois anos em que os Frank e os Van Pels se esconderam dos nazistas. No período em que Peter ansiava pela liberdade das ruas e Anne se dedicava com afinco ao diário, ela imagina que os dois teriam se envolvido num romance furtivo. Para além do diário, a ficção de Sharon Dogar narra de forma comovente a chegada dos nazistas ao esconderijo, a viagem de trem até o campo de concentração - quando homens e mulheres são separados - e a luta de Peter, seu pai e Otto Frank para sobreviver ao horror dos campos. A autora recria assim uma história imperdível para os fãs do famoso diário.


Extraordinário

August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.Narrado da perspectiva de Auggie e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade - um impacto forte, comovente e, sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo, que vai tocar todo tipo de leitor.


Cidades de Papel

Em Cidades de papel, Quentin Jacobsen nutre uma paixão platônica pela vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman desde a infância. Naquela época eles brincavam juntos e andavam de bicicleta pelo bairro, mas hoje ela é uma garota linda e popular na escola e ele é só mais um dos nerds de sua turma.Certa noite, Margo invade a vida de Quentin pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita. Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola, esperançoso de que tudo mude depois daquela madrugada e ela decida se aproximar dele. No entanto, ela não aparece naquele dia, nem no outro, nem no seguinte.Quando descobre que o paradeiro dela é agora um mistério, Quentin logo encontra pistas deixadas por ela e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele pensava que conhecia.


Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares

Tudo está à espera para ser descoberto em O Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares, um romance inesquecível que mistura ficção e fotografia em uma experiência de leitura emocionante. Nossa história começa com uma horrível tragédia familiar que lança Jacob, um rapaz de 16 anos, em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Enquanto Jacob explora os quartos e corredores abandonados, fica claro que as crianças do orfanato são muito mais do que simplesmente peculiares. Elas podem ter sido perigosas e confinadas na ilha deserta por um bom motivo. E, de algum modo, por mais impossível que pareça, ainda podem estar vivas. Uma fantasia arrepiante, ilustrada com assombrosas fotografias de época, O Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares vai deliciar adultos, adolescentes e qualquer um que goste de aventuras sombrias.

      Esses foram as melhores leituras de 2013 pessoal! Recheado de John Green né? ahaha Bom, espero que em 2014 eu continue as séries, conheça outras e outros autores, e que o próximo ano seja melhor do que esse! E assim eu finalizo meu 2013, dizendo que estou muito satisfeito por esse ano.
      Ah, feliz ano novo pessoal, desejo um ótimo 2014 à todos vocês, que façam tudo o que não fizeram em 2013 e que tenham sempre saúde.
      Até mais! 
      Até o ano que vem LEDORES!


27 December 2013

Filme: Adventureland

      Esse filme se passa em uma cidadezinha no interior de New York, e James Brennan acaba de se formar no colégio, e já está pronto para ir pra faculdade no próximo ano.
      Quando recebe a notícia de que seu pai não poderá mais o ajudar com todas as despesas da faculdade, James fica bastante decepcionado e com medo da ideia de que terá que trabalhar o verão todo para tentar amenizar os gastos.
      Depois de fazer muitas entrevistas, ele até que enfim é aprovado em uma. Só que foi aprovado na pior das suas hipóteses, onde não queria trabalhar de jeito nenhum, que é em um parque de diversão. James percebe que anos e anos de muito sacrifício e de muito estudo, não o ajudarão em nada.
      Assim que começa a trabalhar, ele conhece Emily Lewin (Em), outra funcionária do parque. E é claro que ele se apaixona a primeira vista por ela. Mas o que ele não sabe, é que a garota por quem está gostando e se envolvendo cada vez mais, esconde muito mais coisas do que ele sabe.




   "Férias Frustradas de Verão", esse é título brasileiro, e não preciso nem comentar nada sobre o que acho dessa tradução horrenda né?
   Comprei esse e pelo menos outros dois filmes somente pela Kristen Stewart, e não tenho vergonha de confessar isso. Sempre que ver seu lindo nome em algum elenco, vou correr pra ver o filme, mesmo sendo de um gênero que não gosto.
      Enfim...



   Sobre esse casal abaixo (os donos do parque), me pareceu que a produção e os diretores "tentaram" fazer uma coisa engraçada, mas não deu certo e se teve alguma coisa com a qual eu ri, com certeza não foi com eles. Eram piadas sem graças e aquelas coisas e gestos americanos que a gente tanto está acostumado. Não sei se foram os atores ou foi o próprio roteiro mesmo, mas pra mim não colou.





   Esse sim me tirou várias risadas. O nerd que agindo normalmente, é engraçado. O que faltou no casal acima, tem de sobra em Joel, que foi interpretado por Martin Starr. Até me atrevo a dizer que foi um dos meus personagens preferidos do filme. Ele é o nerd que nunca ficou e nunca beijou nenhuma menina, mora com a mãe, ajuda em casa, foi enganado por uma menina e teve seu coração quebrado por isso. E que ainda sim, é engraçado mesmo sem querer. Esse papel merece bastante destaque.








   Realmente é muito estranho ver Kristen Stewart atuando em outra personagem a não ser a Bella Swan. Sempre que vejo algum filme dela - mesmo sendo mais antigo do que a saga Crepúsculo - fico com aquela sensação nostálgica de que aquele rostinho se remete a outra história. E quando é par romântico, sempre fico meio "PARE! Você é do Sr. Cullen!". Mas enfim, como sempre, achei uma ótima atuação e esse casal foi bem legal de ver, não foi forçado e acho que combinaram bastante.



     Também gostei e acho que vale a pena ressaltar o estilo do filme, que é simples, nostálgico e se passa em 1987. E quando falo simples, é simples mesmo. Quando você vê ele, o tempo se passa rapidamente, sem nenhuma emoção ou clímax final de filme, e com certeza isso era pra ser um ponto negativo. Era! Porque esse ponto é uma coisa que só Adventureland consegue fazer e ainda sim surpreender o telespectador.

      É um filme já bem antiguinho, mas muito melhor do que muitos da atualidade. É inspirador e gostoso de ver. 
    E definitivamente, eu quero uma camisa com "Games games games games games" estampada!


      É com um super prazer que deixo seu trailer aqui, e espero que vejam e logo após corram para ver o filme!


"O filme demonstra bem que crescer é algo completamente natural. Não adianta traçar planos ou tentar se forçar a isso."


22 December 2013

Layout novo!

      Hoje - 22 de Dezembro de 2013 -, depois de muita escolha, testes e dores de cabeça, enfim terminamos o novo layout daqui do blog. Quer dizer, para falar a verdade, meu amigo foi quem fez tudo, e eu só fui orientando ele de como queria que o blog ficasse, e enfim ficou lindo demais.
      Agradeço profundamente ao meu amigo Eduardo Feliciano, do blog Leituras do Edu, por ter ficado a tarde inteira me aguentando e por ter feito todo o trabalho difícil que é de editar o layout de um blog. Eu amei e com certeza agora o blog está bonito.
      Espero que vocês tenham gostado o quanto eu gostei, e agora terei ainda mais prazer em escrever aqui.
        Até mais pessoal. :)


21 December 2013

Resenha: Cidades de Papel

      Um fato que sempre marcou a vida de Quentim, foi ter encontrado junto com Margo quando ainda eram crianças, um homem morto a tiros perto de uma árvore em um parque enquanto brincavam.
      Desde então, Quentim nunca mais foi o mesmo, e mesmo já crescido, ainda é apaixonado Margo. Porém Margo mudou completamente. Ícone na escola, ela tem estilo próprio e é uma das pessoas mais influentes de todo o grupo escolar. Ela é a popular, e ele não.
      Há pouco tempo para se formarem no ensino médio, Margo aparece na janela de Quentim pedindo sua ajuda para realizar um plano grande e misterioso. E é claro que ele a ajuda, mesmo não estando nem um pouco a vontade com aquela situação.
      Os dois saem pela madrugada se aventurando nos planos de Margo, que incluía se vingar do namorado que a traiu com a sua melhor amiga, se vingar da melhor amiga, da sua outra melhor amiga que sabia de tudo e mesmo assim não contou, invadir um parque, etc etc etc... E ao terminarem quase para o amanhecer, os dois se despedem normalmente, porque em poucas horas se verão na escola...
     Só que isso não estava previsto por Margo, que desaparece sem dar nenhuma satisfação à ninguém, nem a seus próprios pais. 
     E mesmo após dias e dias, mesmo após até os pais de Margo apenas a acharem que ela tinha fugido e em breve voltaria - pois já havia feito isso antes -, Quentim ainda acha isso muito estranho. Segundo ele, Margo estaria com outra intenção ao invés de simplesmente "fugir".
      Sua busca só aumenta até que enfim Quentim tem uma pista concreta de que ela quer ser encontrada, e especialmente, por ele. A partir daí, ele encontra pistas e mais pistas até que envolve os amigos a uma viagem ao possível paradeiro de Margo.
      Sem pensar duas vezes, larga sua colação de grau e cai na estrada. Nada é mais importante para ele do que Margo, e ele quer saber a razão e porque ela está fazendo tal coisa... Isso se ela ainda estiver viva.



      Um livro super divertido. Só o John Green mesmo pra me fazer rir com uma comédia pra lá de romântica. Sinceramente acho que foi o único livro que realmente não me cansei ao menos por uma página. Por isso amo John Green com todo meu coração, sua escrita é envolvente, que mesmo sendo simples e juvenil, te prende por completo e não te solta até não ver um fim. 
      Gostei bastante da sensação de  poder lê-lo, e em vários momentos - cujos momentos eram pra lá das 00:00hrs - tive que tampar a boca com a mão para não rir tão alto e acabar acordando todos daqui de casa... 
      Me apaixonei por todos os personagens, cada um com seu jeitinho tão elaborado e tão bem escrito.
      Meu livro ficou todo marcado, mas o quote que mais gostei e que mais me fez apaixonar pelo livro foi:
"Você sabia que na maior parte de toda a história da humanidade, a expectativa média de vida foi inferior a trinta anos? Você podia contar com mais ou menos uns dez anos de vida adulta, certo? Não havia planos de aposentadoria. Não havia planos de carreira. Não havia planos. Não havia tempo para planejar. Não havia tempo para o futuro. Mas aí a expectativa de vida começou a aumentar, e as pessoas começaram a ter mais e mais futuro e passar mais tempo pensando dele. No futuro. E agora a vida se tornou o futuro. Todos os momentos da sua vida são vividos no futuro: você frequenta a escola para entrar na faculdade para arrumar um bom emprego para comprar uma casa legal e mandar os filhos para a faculdade para que eles consigam arrumar um bom emprego para comprar uma casa legal para mandar os filhos para a faculdade...”


Com absoluta convicção e com brilho nos olhos eu recomendo esse livro! Já não vejo a hora de poder ler outro livro do John.


01 December 2013

Como andam as minhas séries

      Primeiramente quero falar pra vocês que enfim estou de férias, e definitivamente. Esperei tanto por esse momento e agora que chegou não sei o que dizer, vai demorar bastante até cair a ficha de que acabou. Escola, acabou, nunca mais! Enfim, se for pra ficar falando somente disso, um post só não daria, então vamos ao assunto...

      Agora que as minhas noites estarão livres, vou poder voltar a fazer coisas que gosto sem aquela pressão de tempo, contando todos os minutinhos e os dividindo nas tarefas a fazer. Então esse post vai ser mais para uma organização geral mesmo, qual série está em hiatus, qual série já estreou alguma temporada e nem sequer vi o primeiro episódio, qual série que parei no meio da temporada... ENFIM, vamos lá.

      American Horror Story: Coven
      Não posso acreditar que sua terceira temporada já está quase acabando e ainda não baixei nenhum episódio. Uma série tão boa e que gosto tanto não pode ficar sem ser vista, então ela será uma das prioridades das férias.  



      Arrow
      Dar mais uma chance ou abandonar de vez? Sinceramente, não sei o que vou fazer com essa série. Mas toda vez que entro na pastinha de séries daqui do computador, ver essa pasta incompleta me dá uma dor no coração. Não sei exatamente onde parei, mas pelo que me lembro foi no episódio 13 da primeira temporada (nem sei se já tem a segunda porque não pesquisei sobre), e até pelo menos o 9 estava tudo maravilhoso, estava quase viciado e gostando bastante do estilo da série. Só que de uma hora para outra, tipo como dormir de um jeito e acordar de outro, passei a achar a série totalmente chata. Tentava ver alguns minutos de um tal episódio e isso não me descia, então simplesmente parei de ver. Talvez volto a ver, ou talvez excluo sua pasta com os episódios de vez. Vamos ver, os próximos episódios serão decisivos.

      Falling Skies
      Não vejo a hora de estrear a quarta temporada logo! A TNT ainda não divulgou uma data específica de lançamento, mas tudo indica que teremos nossos extraterrestres nesse verão de 2014.


      Game Of Thrones
      Alguém ai sabe quando começa a quarta temporada? Porque eu estou totalmente desinformado.

      Hannibal
      Série estranha, mas boa. Foi isso o que achei de somente dois episódios que vi, e também por questão de tempo, não vi mais nenhum. Não estou tão ansioso para ver os outros mas também não quero ficar sem ver, por ser uma série que ainda não me acostumei, quero ver mais para ter uma opinião formada sobre ela.

     House
      Dá pra acreditar que tenho essa série praticamente completa aqui no pc e nunca vi um mínimo episódio? Para ser mais claro, claro que já vi alguns episódios pela Record mesmo, mas nem os considero por serem visto totalmente sem atenção e por serem aleatórios em relação a sequência da série. Confesso que esse tema não me agrada nem um pouco, mas tentarei ver, e quem sabe gostar.

      In The Flesh
      Uma série ruim que fez sucesso. Sério, com somente 3 episódios sem nomes na sua primeira e única temporada, a série nos passa uma imagem de que foi feita totalmente sem expectativa, tanto que no final de seu terceiro episódio, aparece escrito o "Series Finale". Acho que os produtores nem imaginariam que fizesse tanto sucesso (nem tanto assim). É uma série da BBC que reformula totalmente o conceito sobre zombies e foge dos padrões ao que nós estamos tanto acostumados. Estou bastante ansioso para ver logo meus monstros domesticados e sentimentais. Também não tem uma data fixa de lançamento, mas há boatos de que as gravações estão bombando e que antes de Agosto, teremos a segunda temporada.



      Once Upon a Time
      Série boa, mas enjoei. Parei na metade de sua segunda temporada, e não sei porque não continuei vendo, tempo eu tinha, a série estava até que boa, mas enjoei. Pensar em Once Upon a Time me dava sono e desânimo. Vou voltar a ver alguns episódios, não vou tratar com tanta prioridade, mas verei.

      Spartacus
      Só vi sua primeira temporada, e quando ela acabou fiquei em choque. Falar que ela é boa seria apelido. A série é boa pra caralh*! Só não comecei a segunda temporada porque houve a troca de ator principal, e estou com medo de ele não corresponder a grande e bela atuação de Andy Whitfield, que infelizmente teve que largar a série porque foi diagnosticado com câncer.

      Supernatural
      Sua nona temporada já começou e ainda não vi nenhum episódio dela. Não posso dizer que estou roendo unhas para ver logo, porque não estou. Supernatural foi ótima e viciante até pelo menos sua quinta temporada, depois foi ficando mais simples e desfocada. Alguns episódios massantes e chatos sonolentos. Até que depois do meio de sua oitava temporada, parece que tudo voltou a ser como era antes e seu Season Finale foi muito bom. Mesmo não estando curioso e tão ansioso, quero bastante dar início a essa nova era de anjos na terra.

      Teen Wolf
      A melhor série teen fictícia! E dia 10 de Junho ela está de volta. Não vejo a hora de sua quarta temporada chegar logo, não vejo a hora!!

      The Big Bang Theory
      Tempo para essa série eu tenho, mas tenho dó de vê-la. Vocês já passaram por isso? Deixar de ler algum livro ou ver algum filme simplesmente por dó e medo de acabar? Pois é, eu estou assim. Sua sétima temporada já está no ar e só vi dois episódios, e já tenho todos eles aqui, conforme vai lançando, eu já vou baixando. Tô criando coragem para começar a ver logo, só que verei um por semana, assim os episódios ainda não vistos daqui, durem mais. Sempre que vejo na pasta que tem um episódio ainda não visto de The Big Bang Theory, e me dá uma alegria na alma.



      The Walking Dead
      Assim como American Horror Story e Supernatural, vou fazer dessa série uma das prioridades a fazer. Domingo agora vai ao ar o último episódio desse ano, e vou aproveitar para por tudo em ordem antes de sua volta ano que vem. Essa é sua quarta temporada, e só vi dois episódios dela. Super ansioso!

      Enfim, TRUE BLOOD!
      Omg, não vejo a hora de chegar Junho logo. A melhor série de todos os tempos, e a minha preferida, terá sua sétima e última temporada. Triste e feliz por isso, por saber que acompanhei todos esses anos sendo fã de carteirinha, amando, comentando sempre, vendo e revendo todos os episódios e que agora vai acabar. Extremamente triste justamente por isso, porque vai acabar. Só eu sei o quanto estou ansioso pra isso, até lá tem bastante tempo, mas já estou contando os dias.


      Meu Deus, acho que é o maior post do blog. ahaha Mas enfim, essas são as séries que vejo e que ainda estão ativas, seria hipocrisia falar que gosto de cada uma de uma maneira, mas é verdade. Mesmo as que eu considero ruins, tem alguns pontos que me agradam. 
      Espero que tenham lido até aqui e agora sintam-se informados e prontos para me falarem o quão atrasado estou. 
       Até a próxima pessoal! :)